Image by Phil Hearing

Quem somos e o que defendemos

Por uma maternidade potente e política

A POEMA é uma organização sem fins lucrativos, não-hierárquica, auto-organizada, formada por mulheres mães que acreditam que o papel da mulher, atualmente a maior responsável por fazer viver e sobreviver uma criança, deve ser entendido como ponto central nas discussões e ações relacionadas às políticas públicas da sociedade.

 

Nossos princípios e valores

• Acreditamos que a maternidade é um estado de poder e mobilização para a justiça social.

 

• Compreendemos que há diversas experiências de maternidades e infâncias, culturalmente determinadas e variáveis, e que devemos levá-las em conta de forma interseccional, de acordo com raça, classe, cultura, etnia, orientação e identidade sexual, capacidade física, idade e localização geográfica.

 

• Lutamos pela manutenção do Estado Democrático de Direitos e pela garantia e afirmação dos Direitos Humanos.

 

• Buscamos ativamente a redução das desigualdades sociais e identitárias.

 

• Acreditamos na construção de uma sociedade baseada no cuidado, no respeito e na colaboração.

 

• Recusamos a ideia da maternidade compulsória, de que ser mãe é instintivo e que a maternidade é apenas biológica.

 

• Recusamos a romantização e despolitização da maternidade e a ideia de que os filhos e as filhas são de responsabilidade individual apenas da mulher.

 

• Entendemos a maternidade e a experiência do cuidado com o outro como lugar de luta para transformação social: no acesso amplo à saúde e aos direitos reprodutivos, ao parto com respeito e autonomia, mudanças no mercado de trabalho, ampliação e melhoria das escolas públicas desde a primeira infância, acesso popular a uma alimentação saudável, reconhecimento das diferentes formas familiares, segurança pública e proteção para mulheres e crianças.

 

• Acolhemos a ideia de que é preciso exercer uma maternidade política para reorganizar as relações sociais de forma não exploratória e desenvolver uma sociedade em que o trabalho de cuidado não seja uma sobrecarga feminina, mas uma possibilidade de convivência e criação de vínculos saudáveis e potentes. 

 

Quem faz a POEMA

Mães - seres políticos

 
WhatsApp Image 2021-01-18 at 10.36.40 (1

Alita Mariah

Alita Mariah é mãe do Érico. Mestre em Artes Visuais, é produtora executiva de mostras e exposições de arte há mais de vinte anos e sócia proprietária do Ateliê Musica Viva - uma iniciativa de educadores e artistas que concebem e apresentam conteúdos originais, educativos e culturais para pais e filhos.